sábado, 28 de março de 2015

Faster, better, more a dica de Seth Godin

A algum tempo, navegando no Twitter acabei me deparando com uma dica muito bacana, as três palavras que te tornam mais competitivo.
Aqui o link original http://sethgodin.typepad.com/seths_blog/2011/03/faster-better-and-more.html
Mas eu achei graças ao pessoal do Saia do Lugar.
E claro que eu coloco minha contribuição.

Faster, better, more.

Mais rápido (faster) que o outro cara. O mais rápido do seu mercado, mais rápido no relacionamento com o cliente, mais rápido em lançar um produto, etc.

Melhor (better). Isso nem precisa justificar muito né? Precisa sim, muita gente esquece, você tem de fazer o melhor possível, quanto melhor você for, mais você ganha e se for o melhor de todos a chance é maior ainda.

Mais (more). Mais produtos? Mais qualidade? Mais retorno? Não sei, vai depender do que você faz, mas em geral, algo que vale para todos, o cliente tem de ver que está levando/ganhando mais com seu produto ou serviço. Ofereça e entregue mais.

Concorrência é bom, ela extrai o que há de melhor em nossos serviços. E em nós mesmos!

Faster Better More Tshirt
Faster Better More Tshirt Por LojaMEiOdeTuDO
Desenhe uma camiseta personalizada usando a zazzle.com.br

Coaching e a tentativa de se apropriar de uma palavra

Originalmente publicado em Willyans Maciel: Coaching e a tentativa de se apropriar de uma pala...:



Me irrita essa tentativa de apropriação de um termo por um grupo de profissionais ou por uma área especifica.

Outro dia usei o termo "coaching" em uma conversa com um colega, sobre a possibilidade de criação de um curso, e ele quase saiu do corpo achando que eu queria me meter no trabalho de outro profissional sem ter certificação para tal. Não é culpa dele, eu penso, é da cultura que se criou em torno do treino.
Coach é a pessoa que lhe treina. Eu cresci chamando meus treinadores de coach, alguns dos meus certificados de artes marciais usam o termo coach.
Mas agora está na moda que coach é um cara, com uma certificação internacional de uma instituição que você nunca ouviu falar, que não sabe quase nada do seu ramo de negócio e fica gritando na sua cabeça que você só não consegue se não quiser e que a Madonna não dorme enquanto está gravando um álbum. Eu sei, ela tem insônia, todo mundo sabe, não preciso pagar um cara só para me dizer isso.
Motivação, direcionamento de carreira, análise do que se fez e do que é melhor fazer, meus treinadores faziam isso tudo e ainda me ensinavam a quebrar pessoas. E para aquilo que eles não sabiam, havia o agente.

Não estou dizendo que, por exemplo, os coach de carreira, life coach e outros sejam inúteis, de modo algum. O objetivo de muitos deles é especificamente te ajudar a encontrar por conta própria o caminho dentro da sua carreira ou de problemas específicos na sua vida. Mas daí a tentar patentear o termo "coach" há uma distância grande.

Outro dia recebi uma mensagem de uma pessoa que EXIGIA saber em qual instituição eu tinha adquirido minha certificação de coaching. Sabe porque? Porque na minha página de arte marcial, a W Combat Sambo, está escrito que "I am a Combat Sambo coach".
Conseguem perceber o absurdo que a coisa virou?
Coach é treinador, eu tenho certificação de coach, de Combat Sambo. Sou um treinador e técnica dessa arte marcial e em inglês o termo para isso é "coach".

O que vocês acham disso tudo?








domingo, 22 de março de 2015

A saga do leitor de cartão Cielo e algumas dicas para quem vai usar

Importante: este post não é uma reclamação, desabafo ou nada do tipo, estou rindo das situações e nosso leitor Cielo está funcionando perfeitamente. Não obstante, acho que algumas pessoas podem encontrar a solução do seu problema aqui. LOL

Então nós resolvemos trocar a maquinha da Cielo pelo novo leitor de cartão bluetoth, para receber de nossos clientes de consultoria de beleza Mary Kay.
Começou pelo telefone, quando uma das atendentes nos disse que teriamos de ligar em um outro número para fazer o cadastramento no aplicativo, para depois solicitar o leitor. O outro número não funcionava.
Algum tempo depois ligamos novamente e outra atendente, muito eficiente, nos transferiu rapidamente para a pessoa que faz o cadastro.

1# dica: Evite ligar nos horários de pico do comércio, ex.: meio-dia e 18h. A experiência de outras ligações para a Cielo mostra que ligar as 9h, 15h ou 19h é muito melhor.

Então, em menos de 12 horas o motoboy veio entregar o leitor. Eu estava no banho e minha esposa estava na garagem resolvendo questões do condomínio, ela é sindica, infelizmente.
O pessoal da Cielo, muito eficiente nos telefonou e solicitamos que, se possível, o motoboy retornasse. Ele retornou e menos de uma hora depois estávamos com o leitor, menos de 12 hora da solicitação original.

2# dica: Perdeu uma entrega da Cielo? Cola no telefone.

Então, naturalmente, minha esposa leu as instruções e colocou o leitor para carregar, porque ele parecia estar sem bateria, já que não ligava. Ele apitou ao ser colocado na tomada, então imaginamos que estava tudo bem.
Três horas depois, ainda nada de ligar.

Então, eu intervi. Pensei, a tomada está funcionando, o carregador está com luz vermelha, o aparelho apitou. Onde pode estar o problema?
Levou ainda mais uns 15 minutos e várias apertadas frenéticas no Power para eu me dar conta da resposta. Bateria!
Pensei "vou tirar a bateria e por de volta para ver se funciona, vai que tem alguma sujeira ou coisa do tipo".
Tirei a bateria e vocês não vão adivinhar o que havia de errado.
Nada, estava certo de mais.
Acontece que nós, acostumados com as empresas mandarem dispositivos de segunda, terceira, quarta mão, como o modem da NET, por exemplo, não imaginamos que a Cielo mandaria um leitor NOVO, tão novo que a bateria estava lacrada.
Ao lado a foto do momento exato em que eu me dei conta de porque o leitor não carregava, para vocês não duvidarem.
Então, tudo certo né? Aparentemente sim, quando conectei o carregador, apesar de encrencar um pouco, apareceu um sinal de carregando na tela.
Algumas horas depois o aparelho ainda não ligava direito e quando ligava, desligava quase na hora.
Então, lá ou eu de novo ver o que está acontecendo. Após uns 10 minutos tentando pegar o PIN, que aparece quando o aparelho liga (as instruções são muito simples, então você fica pensando se tem algo errado ou se fez algo errado), eu percebi que o sinal de carregando desaparecia pouco antes do aparelho desligar, o aparelho não ligava quando estava fora da tomada e não aparecia nenhum "pino" como já carregado. Carregador!
Corri para minha gaveta de tranqueiras atrás de um carregador de Nextel que eu tinha. Não achei, mas achei uns carregadores diferentes e resolvi testar.
No fim, o carregador da Samsung, de um celular antigo que tivemos, funcionou e o aparelho carregou perfeitamente.

4# dica: Se está carregando a muito tempo e não liga, tente um carregador alternativo

5# dica: Se o carregador não encaixa perfeitamente e facilmente, é porque é o carregador errado. Eu pedi para eles trocarem o carregador, usei o da Samsung só para testar e dar uma primeira carga

6# dica: Se você não entende algo que estou falando, não faça nada, ligue na Cielo.

Agora vai né? Claro que não ia ser tão fácil assim. É um dispositivo por bluetooth, se tem uma coisa que eu lembro que o meu amigo Fernando me ensinou sobre dispositivo que conectam por Bluetooth é que, pode estar tudo perfeito, e você ter de repetir o processo dezenas de vezes para funcionar na primeira vez. Foi exatamente o que aconteceu.

7# dica: Se não apareceu o que o manual dizia que apareceria, faça o processo de novo. Desligar o leitor e ligar novamente frequentemente ajuda.

Quando nós inseríamos a forma de pagamento e o valor, ao invés de conectar e mandar inserir o cartão, o app pedia o número do cartão Desligamos o leitor, ligamos de novo, fechamos o app, abrimos de novo e clicamos em cartão novamente (orientações do manual), ele atualizou as tabelas. Agora vai né? Não. Fizemos de novo, atualizou os modelos. Fizemos de novo, atualizou mais algo que não lembro o que era. Aí deu certo e pediu para inserir o cartão Inserimos o cartão e passamos 2 reais no crédito e 2 reais no débito para ver se tudo corria bem. Deu tudo certo.
Ótimo, agora vamos ligar na Cielo para cancelar a maquininha e ficar só com o leitor bluetooth.

Bem, eu me diverti com tudo isso, estava desacostumado a manipular dispositivos eletrônicos novos, faz tempo que não brinco de montar e desmontar coisas, então me bati um pouco. Para alguém com menos curiosidade, basta ligar na Cielo que eles resolvem tudo para você.
Todas as dificuldades iniciais podem ser evitadas, mas as de configuração de bluetooth são normais, bluetooth é chato e as vezes simplesmente não dá certo porque não está afim. Então, tenta de novo que vai dar certo.

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

Dicas masculinas #2: Use um pincel de barbear

Originalmente publica em Um olhar contemporâneo: Dicas masculinas #2: Use um pincel de barbear





Vou deixar o mestre falar nesse caso.



[O uso do pincel de barbear] "Levanta os pelos dando a você um barbear mais rente e confortável. A rica camada criada pelo uso do pincel é essencial para evitar irritação e até ajuda a esfoliar a pele."

- Boris - Master Barber at 373 Madison Ave, NYC



Simples assim, sem frescura, direto ao ponto. Use um bom pincel de barbear. Boris recomenda ainda o uso de pincel espessos, com muitos fios, que ajudam a reter o calor e espalhar uma camada mais rica em espuma.

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Um olhar contemporâneo: Dicas masculinas #1

Originalmente publicado em umolharcontemporaneo



Como proteger a pele após o barbear?
Aplicar um After-Shave balm (bálsamo pós-barba) de qualidade pode ajudar a devolver a umidade e suavizar/acalmar a pele.
A não utilização de um After-Shave Balm pode deixar a sua pele com uma sensação seca e prurido. Quando seu rosto está seco você está mais propenso a coçar e trazer bactérias de suas unhas para a pele do rosto, além de deixar a pele aberta para outros agentes. Isso pode levar a irritação e vermelhidão, e é especialmente verdadeiro nos meses mais frios quando a pele fica exageradamente seca facilmente. Usar um pouco mais de bálsamo durante os meses de inverno pode evitar coceira, pele seca, ou descamação da pele.

Conheça o melhor after-shave disponível no Brasil em: Cooling After-Shave MKMEN
Outra boa opção é a Natura, com duas linhas, Natura Homem e Sr N.

Onde comprar
Se você optar pelos produtos Natura, que já conquistaram seu lugar entre o público masculino brasileiro, acesse Espaço Virtual Natura.
A entrega é feita pela transportadora da Natura e as promoções são melhores que as do catalogo, com toda a comodidade de uma loja online.

Agora, se você, meu caro leitor, é o tipo de Homem que opta pelo melhor, o Cooling After-Shave MKMEN, pode falar comigo ou acessar a fanpage da Consultoria Cosmética - Andrea Correa

quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

Anotações sobre comentaristas das olimpiadas, esperanças 2016 e a 'torcida' brasileira

Durante as olimpíadas de Londres, fiz algumas anotações, sobre como os brasileiros estavam se manifestando acerca das olimpiadas e como a nossa imprensa estava noticiando tudo. São só anotações soltas, nenhuma conclusão definitiva, mas preocupações e interesses.

Um apresentador do SporTV acha que as atleta do vôlei de praia não podem usar rashguard no frio porque a platéia veio para vê-las de biquini. Eu entendo que para quem assiste o esporte também é entretenimento mas quer ver alguém com pouca roupa? Playboy.

No Twitter, a 'torcida' querendo destruir os atletas ao menor erro, como se eles não estivessem competindo no nível máximo de seus esportes, em que o menor erro pode levar a uma falha enorme e até a risco da integridade do atleta. Um atleta nesse nível não tem como 'fazer corpo mole' ou coisa assim. Mas é assim que a torcida brasileira, acostumada a dar uma de técnico de futebol, acha que funciona.
Nossos atletas podem não ser os melhores do mundo, mas nossa torcida é nota 10 em critica.

Ainda no twitter, uma atleta comete um erro e "não merece ser gente". Preciso comentar?

Torço por todo mundo na ginástica. Não dá para torcer contra alguém, um erro pode levar a um grande problema para o atleta e todos que estão ali são muito bons para se torcer contra, é um show.
O ginasta brasileiro Sérgio Sasaki realizou o salto mais incrível sobre a prancha que vi até agora. Nota merecida 16.100. Desde então acumulou várias vitórias. Estou louco para vê-lo em 2016.
E o Zanetti então..

Ao menos os comentaristas do tênis no SporTv são sinceros: -"tem karate?" -"Não sei, vou ver aqui na lista" -"não, não tem karate nas olimpíadas" LOL

Mas os atletas estão cada vez melhores, o brasileiro venceu o norte coreano no boxe. Luta bonita, pela recuperação de imagem que vi. Espero ver mais vitórias nas lutas.

Mas temos alguns torcedores espirituoso, um disse que o atleta quando fica decepcionado se afunda na bebida... Isotônica.

Eu sempre achei que o badminton era um jogo parado e sem graça, mas atletas olímpicos conseguem por adrenalina em qualquer esporte

Que venha 2016, apesar da preocupação com muitas coisas, vamos ver o show dos atletas.